BEM-ESTAR DOS ANIMAIS


Descarregue o PDF Bem-estar dos animais

O fornecimento responsável é uma importante área de foco para a Timberland e a nossa empresa-mãe VF Corporation, em termos de gestão ambiental, práticas de trabalho justas, e tratamento ético de animais. Isto aplica-se a todos os materiais usados em produtos Timberland®, do couro no nosso calçado à lã no nosso vestuário exterior. Eis uma miniatura das nossas práticas relativas a diversos materiais:

 

COURO

Na Timberland, utilizamos a maioria das nossas peles provenientes de gado dos E.U.A. que é criado para fins alimentares e processado de acordo com as diretrizes do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). Além disso, banimos o fornecimento de peles de certos países ou regiões onde tivemos conhecimento de preocupações relativas à criação animal.

A Timberland trabalha com o Grupo de Trabalho de Couro sobre a melhoria do rastreamento de peles. Através de acordos individuais dos nossos fornecedores e de auditorias de rastreamento melhoradas provenientes da avaliação do nosso Grupo de Trabalho de Couro, estamos a melhorar as nossas capacidades para garantir que as nossas peles são obtidas de locais aceitáveis.
 

LÃ (MULESING)

A Timberland exige certificados de origem para qualquer lã usada no nosso produto, dado que a lã originária da Austrália e Nova Zelândia tem o potencial de ser proveniente de ovelhas que sofreram mulesing. O mulesing é uma prática conhecida nesses país para o combate a infeção causada por um tipo específico de mosca, denominada de mosca-varejeira. A Timberland não utiliza lã proveniente da Austrália e exige a certificação de não-mulesing para aceitar lã da Nova Zelândia.

“Devido ao seu clima específico, a mosca-varejeira está presente sobretudo na Austrália e nas terras baixas da Nova Zelândia. Estes são também os principais países onde são criadas as ovelhas de raça Merino. Outros países que produzem lã merino são a Argentina e a África do Sul, onde o mulesing não é necessário porque a mosca-varejeira não está presente.” Fonte: Site da Textile Exchange, http://textileexchange.org/product/material‐summary‐non‐mulesed‐wool/ 

 

PENUGEM

Os fornecedores de penugem e penas são certificados pelo International Down and Feather Testing Laboratory (IDFL) para não usar qualquer penugem arrancada a animais vivos. Além de assegurar que nenhuma pelugem arrancada a animais vivos entrou na nossa cadeia de abastecimento, o IDFL também certificou o conteúdo e a qualidade da nossa penugem, bem como as características físicas do material. Mais informação pode ser encontrada no site do IDFL em http://www.idfl.com.

Juntamente com a nossa empresa-mãe, VF Corporation, também estamos a trabalhar com o Grupo de Trabalho de Rastreamento de Materiais da Outdoor Industry Association para implementar a Norma de Uso Responsável de Penugem (RDS) para assegurar que não estamos a utilizar penas arrancadas a animais vivos.

 

PELES

A Timberland não vende produtos provenientes de animais selvagens ou domésticos que tenham sido mortos apenas pelas suas peles.

Shearling: Embora a maior parte do material de shearling encontrado nos nossos produtos venha de fontes sintéticas, por vezes usamos lã shearling verdadeira; nesses casos, o shearling é proveniente de ovelhas criadas sobretudo para produção alimentar.

Angora: A pele de angorá não é usada atualmente em qualquer calçado, vestuário ou acessórios da Timberland. Se desejarmos usar angorá futuramente, criaremos uma estratégia de fornecimento para assegurar que o material adere à nossa política relativa ao tratamento ético de animais.

As política e práticas da Timberland relacionadas com o bem-estar dos animais podem ser encontradas aqui: http://responsibility.timberland.pt/

 

6.3.15