COMO A TIMBERLAND REDUZIU A SUA EMISSÃO DE GÁS DE ESTUFA



Em 2006, a Timberland estabeleceu o objetivo de reduzir as suas emissões de gases de efeito de estufa em 50 % até 2015, relativamente ao valor base de 2006. Desde o estabelecimento desta meta, temos tentado fazer crescer a empresa, ao mesmo tempo que conservamos os recursos. Entre 2006 e 2014, a Timberland conseguiu reduzir para 46 % as emissões absolutas de todas as instalações no mundo e as das deslocações aéreas dos funcionários. À medida que nos aproximamos do nosso objetivo, queremos apresentar algumas das táticas que adotámos para lá chegar:

  • Melhorias de eficiência energética: a modernização das instalações no estrangeiro e a construção de novos edifícios com iluminação eficiente, e as normativas de construção ecológica de ponta (como LEED) ajudou-nos a limitar o consumo energético em muitas das nossas sedes em mais de 30%. (Descobre mais sobre como melhoramos a eficiência nos nossos centros de distribuição).
  • Compra de energia renovável: em 2014, 17 % da energia consumida pela Timberland provinha de fontes de energia renovável locais ou in situ, ou era compensada por créditos de energia renovável usados para apoiar as iniciativas ligadas às energias renováveis nas regiões.
  • Apoio aos parceiros de produção para aumentar a sua eficiência: além de nos encarregarmos das nossas próprias emissões, centramo-nos também na fonte de emissões mais significativa: a nossa cadeia de valor. Em 2015, 54% da produção do nosso calçado e vestuário provinha de fábricas que puseram em prática sistemas de gestão ambiental. Mais informação.
  • Apoio às nossas próprias instalações de fabrico na República Dominicana para conseguir a certificação ISO 14000.
  • A redução do impacto através de uma concepção cuidadosa de produtos, a diminuição das emissões na nossa cadeia de valor e a associação com os nossos parceiros e especialistas do setor são essenciais para o sucesso.